ADEPARÁ realiza palestra para produtores rurais do Marajó .

Os servidores da Adepará, Slow Barbosa e Josele Tavares, participaram de um ciclo de palestras promovido pela Prefeitura de Chaves, no Marajó, para cerca de 50 produtores rurais do município. O evento foi realizado entre os dias 21 e 23 de fevereiro, no auditório da Câmara Municipal.

Entre os assuntos abordados, estiveram a sorologia da febre aftosa, brucelose, tuberculose e anemia equina, agricultura familiar, produtos artesanais e as zonas livres e de proteção para febre aftosa. “Como o público era formado por pequenos agricultores e pecuaristas, buscamos abordar temas que tivessem algum impacto na vida deles. Por isso, explicamos os procedimentos para a certificação de produtos artesanais, a importância da vacinação dos animais e os benefícios que a inclusão das zonas de proteção como área livre da febre aftosa trará a eles”, explica Slow Barbosa.

O Marajó é uma das zonas de proteção do Pará, ao lado dos municípios que fazem fronteira com o estado do Amazonas, o que significa que ainda não são consideradas áreas livres da febre aftosa. No entanto, a Adepará, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), vai realizar um estudo esse ano com o objetivo de elevar o status das zonas de proteção para áreas livres. “Com isso, os produtores do Marajó vão poder comercializar o produto oriundo da pecuária em todo o Estado”, explica o fiscal da Adepará.

O trabalho de educação sanitária, através de cursos, palestras e apresentações, é uma das áreas de atuação da Adepará e uma importante ferramenta de sensibilização, pois permite um contato direto e próximo com os produtores, que muitas vezes vivem em áreas afastadas dos grandes centros.

Design by Eduardo Rocha