No período de 01 a 04 de abril, será realizado no município de Chaves o I Congresso de Educação: Desafios e Possibilidades no Contexto Ribeirinho Marajoara. O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Chaves por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), cujo principal conferencista é o professor doutor Salomão Mufarrej Hage, referência na área de educação. Ele conduzirá a palestra magna de abertura em que fará explanação sobre o tema que dá título ao evento.

Em sua primeira realização, o congresso é voltado aos profissionais da área pedagógica do município como diretores de Unidades Escolares, técnicos pedagógicos, coordenadores e professores da rede de ensino de Chaves. Os participante devem fazer suas inscrições na Secretaria Municipal de Educação (Semed) de 09h às 16h na segunda-feira, 01. A abertura do evento está programado para às 18 horas no Ginásio Dicamor Pereira da Trindade

A realização do congresso tem como objetivos fomentar o processo de ação-reflexão-ação privilegiando as necessidades concretas da escola, as indagações cotidianas dos educadores e aproximação da teoria à prática pedagógica; além de considerar os problemas da prática docente proporcionando uma reflexão fundamentada que amplie a consciência do educador e aponte caminhos para que o profissional possa reinventar sua metodologia de forma a tornar sua disciplina atrativa ao aluno; também resgatar o sentido coletivo e participativo do fazer educativo num projeto de parceria propicia à criação, às trocas, à reconstrução das relações interpessoais e a compreensão da natureza do trabalho pedagógico em sua totalidade; e ainda orientar para os modos do fazer concreto e dos saberes existentes na região.

Para a secretária de educação, Joselena Tavares, é de suma importância buscar a formação continuada dos trabalhadores da educação, entender como aquela que se deva efetivar de forma sistemática, que privilegie o espaço da escola, onde se busque discutir, aprofundar e avaliar a realização do trabalho pedagógico e suas implicações sociais, no sentido da construção de forma participativa. “É um momento de troca de conhecimentos, de experiências, de saberes e reflexões sobre os limites e possibilidades da Educação no contexto ribeirinho marajoara à luz do que se coloca hoje, nacionalmente, através da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), mas de forma articulada com os interesses da população ribeirinha marajoara”, frisa a educadora.

O evento conta com a seguinte programação.

Data: 01/04/2019

09 as 16h –Recepção e Credenciamento

LOCAL: Secretaria Municipal de Educação - SEMED

18:00h Mesa Oficial de Abertura

19: as 20h – Apresentação Cultural

20 as 21h- Conferência Magna

Educação: Desafios e Possibilidades no Contexto Ribeirinho Marajoara

Conferencista: Profº Drº Salomão Mufarrej –UFPA

LOCAL Abertura do Evento: Ginásio Poliesportivo Dicamor Pereira da Trindade

Data: 02/04/2019

Local: Sede da Assembleia de Deus

08:30: Amazônia Marajoara: Diálogos sócio culturais e sócio educativos na formação docente.

Profº Drº Salomão Mufarrej –UFPA

9:45: Intervalo

10:00h :Tecnologias para a Educação Ribeirinha: Possibilidades atuais.

Profº Drº José Roberto Alves da Silva – Uepa/Seduc

11:15h- Debate

12:00 as 14:00h – Intervalo

Data:03/04/2019

Local: Sede da Assembléia de Deus

08:30h: A Educação Municipal no Programa Ser Ribeirinho: Eixos estruturantes e formação docente

Maria José Lena Tavares – Secretária de Educação

09:45h: Intervalo

10:00h: Tripé Da Educação: Família → Escola → Aluno

Psicóloga Paula Ribeiro – Semed – Chaves

10:40h: Cuidados com a saúde do educador: Prevenções a síndrome de Burnout.

Psicóloga Lunara Farias: SEMAS – Chaves

11:20 h: Debate

04/04/2019



Local: Sede da Assembleia de Deus

08:30h as 12:00h: A Base Nacional Curricular e os Desafios para a Educação Ribeirinha no Município de Chaves.

- Educação Infantil –Prof. Ma. Ivone Rosa Cabral Seduc-Pa

- Ensino Fundamental – Prof.

Sobre o conferencista:
Salomão Antônio Mufarrej Hage

Possui graduação em Agronomia (1982) e em Pedagogia (1987), mestrado em Educação: Supervisão e Currículo (1995), Doutorado Sanduíshe pela Universidade de Wisconsin-Madison (1999) e doutorado em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). É professor do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Linguagens e Saberes da Amazônia. É bolsista produtividade do CNPq. Coordena o Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia, Integra a Coordenação do Fórum Paraense de Educação do Campo e Coordena a Escola de Conselhos Pará: Núcleo de Formação Continuada de Conselheiros Tutelares e de Direitos da Amazônia Paraense. Na área de Educação, privilegia as seguintes temáticas: educação do campo, políticas educacionais, educação de jovens e adultos, currículo e formação de professores na Amazônia.