Merenda Escolar

A Prefeitura Municipal de Chaves, Marajó, implementa um novo cardápio para a merenda escolar dos alunos no próximo período letivo e realizou testes entre os alunos da escola Municipal Magalhães Barata para verificar a aceitação do novo menu entre a classe estudantil do município. O cardápio foi muito bem aceito e aprovado a inclusão do vatapá de frango no menu. A Secretária Municipal de Educação (Semed) tem realizado constantes adaptações no cardápio da merenda dos alunos para que as refeições servidas sejam saborosas, saudáveis e contenham nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento das crianças e jovens estudantes da rede municipal de ensino de Chaves. 


Responsável pela elaboração e acompanhamento do menu, a nutricionista Paula Aires explica ainda, que os produtos utilizados no preparo dos alimentos, como legumes e hortaliças, são provenientes das hortas cultivadas nas escolas do município. O cultivo tem o envolvimento dos alunos em todo o processo de plantio e colheita, conforme prevê o projeto Ser Ribeirinho – Escola Sustentável, que entre outras coisas visa estimular o convívio do aluno no ambiente escolar, interação com o meio ambiente, a aplicação de modelos sustentáveis na rotina do aluno, entre outros, como forma de combate à evasão escolar. E agora, após a realização de testes bem sucedidos, além do menu tradicional, vatapá de frango servido com arroz branco, passa a fazer parte das refeições servidas nas escolas da sede e nos pólos Arapixi e Viçosa, a partir de 2019.  Em breve, depois de algumas adaptações, um cardápio específico será estendido às escolas localizadas nas zonas mais rurais do município. "Uma boa alimentação é parte fundamental do processo de aprendizado escolar. O cárdáoio servido aos alunos é diversificado e nutritivo, servimos alimentos balanceados com bastante verduras que são colhidas na horta da própria escola", disse.


Desta forma, a prefeitura atende às diretrizes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), programa federal de assistência financeira suplementar, com vistas a garantir no mínimo uma refeição diária aos alunos beneficiários. O objetivo principal do Pnae é suprir parcialmente as necessidades nutricionais dos estudantes, através da oferta de no mínimo uma refeição diária, visando atender os requisitos nutricionais referentes ao período de estadia na escola. Além de melhorar as condições fisiológicas do aluno, de forma a contribuir para a melhoria do desempenho escolar; promover a educação nutricional no âmbito da escola, de forma a reforçar a aquisição de bons hábitos alimentares; reduzir a evasão e a repetência escolar.

Reunio Planejamento

Planejamento – Com o intuito de formular o Planejamento Educacional para o próximo ano letivo, professores da rede municipal de ensino de Chaves, reuniram durante a semana passada (21 a 23), com a secretária de Educação do Município, Joselena Tavares. O encontro definiu as diretrizes pedagógicas a serem adotadas bem como o  Calendário de Atividades a ser desenvolvido entre os alunos de toda a rede de ensino do município no próximo ano.

IFeira Alimentos

Feira - Uma parceria entre Prefeitura, Semed, o projeto Ser Ribeirinho – Escola Sustentável e profissionais da escola sede do pólo Ipixuna, resultou na realização da I Feira Cultural de Alimentos, na última sexta-feira, 23. Alunos do 5° ano e do EJA tiveram a oportunidade de aprender e conhecer mais sobre as funções nutritivas e como aproveitar da melhor forma o consumo das frutas, legumes e hortaliças cultivadas na região. O evento também proporcionou aos alunos, a vivência prática de disciplinas como ciência, português, artes, geografia e matemática, com a venda dos produtos.

Esta metodologia compõe o projeto Ser Ribeirinho e tem o acompanhamento da nutricionista Paula Aires, que é responsável pela formação de diretores e coordenadores, para que a educação nutricional seja aplicada em sala de aula, de forma lúdica, divertida, de forma que os alunos compreendam e apliquem em sua rotina.