chavesfoto

Conscientizar a sociedade e incentivar o debate sobre a proteção à infância e à adolescência com o objetivo de criar estratégias para a prevenção e o combate a violência sexual contra este público. Este é o objetivo da audiência pública que será realizada no Município de Chaves, na ilha do Marajó, no próximo dia 26 de outubro. 
Segundo o promotor de Justiça titular do município, Muller Marques, o objetivo específico do evento é conscientizar a população local acerca dos malefícios causados às crianças e adolescentes que são vítimas da violência sexual. Outra finalidade da audiência pública é estimular as denúncias formais da sociedade, para que o Ministério Público, Defensoria Pública, o Poder Judiciário e os demais atores da rede de atendimento à criança e ao adolescente possam adotar as medidas cabíveis aos casos.
A audiência também irá possibilitar aos participantes o conhecimento das políticas públicas de apoio e proteção a crianças e adolescentes que estão sendo desenvolvidas no município, através de representantes de órgãos públicos locais. “Realizaremos a audiência pública para discutir a questão com a colaboração da coletividade local, bem como discutiremos as consequências para a própria comunidade”, diz o promotor. 
O evento será aberto à sociedade, porém, os participantes que quiserem se manifestar sobre o tema deverão se inscrever antecipadamente, para terem direito a manifestação de voz, apresentando suas contribuições e sugestões a respeito do assunto em pauta. A entidade que queira cadastrar representantes, bem como qualquer interessado em participar das exposições, poderá efetuar inscrição com antecedência, a partir de 8h do dia 15 de outubro, com a remessa do nome completo e instituição representada, na sede da promotoria de Justiça, até as 8h do dia 25 de outubro, ou fazê-lo durante a realização da audiência, até 30 (trinta) minutos após abertura dos trabalhos. 
A cerimônia de abertura da audiência pública será feita pelo promotor de justiça de Chaves, Muller Marques. O evento terá ainda a participação do juiz de Direito da comarca de Chaves, Arnaldo Gomes Pedrosa, e de representantes da rede de atendimento socioassistencial do município. 
Quem quiser participar do evento apenas como ouvinte não necessita fazer prévia inscrição. As sugestões e contribuições recebidas no processo, bem como Ata da Audiência Pública, serão disponibilizadas aos interessados, na sede da Promotoria de Justiça de Chaves.

Integra do edital de audiência pública -> nº 001 /2018 

Texto: Ascom MPPA, com informações da PJ de Chaves

Foto: Município de Chaves (divulgação)