transparencia

Cadastramento Cultural

1s portal trasp

1s licitação

1s contr cheq

1s e sic

BOLETIM CORONAVIRUS (COVID-19)

BOLETIM CORONAVIRUS (COVID-19)

Atualizado em 16/12/2020 às 14:46h

ISOLAMENTO / MONITORAMENTO
85
  
 CONFIRMADOS
ZONA URBANA- 103
ZONA RURAL-242
NOTIFICADO EM OUTRO MUNICÍPIO -14
 359
  
 CASOS DESCARTADOS
TESTE RÁPIDO - 708
    LACEN/AP -09
723 
                 
 ÓBITOS 
 01
 
 HOSPITALIZADO 
 
RECUPERADOS 
292

Atualizado em 16/12/2020

Previsão do tempo

Agenda do Prefeito

Janeiro 2021
D S
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31

 
Como medida de prevenção e combate a disseminação do coronavírus no Município de Chaves, o prefeito Bira Barbosa, também assinou o decreto N°256 /2020) no dia 8 de dezembro, alterando e complementando os decretos municipais nº067 e o N° 090.
USO DE MÁSCARAS - No Art. 2º, inciso III, determina a obrigatoriedade, em todo o território de Chaves, pelo período de vigência do decreto, do uso adequado de máscaras de proteção, descartáveis, caseiras, ou reutilizáveis, cobrindo o nariz e boca, destinada a contribuir para a contenção e prevenção da Covid-19. Infecção humana causada pelo Coronavírus, sendo passível de multa o seu descumprimento.
ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS - No Inciso XI, Fica determinado, pelo período de vigência do Decreto, em todo o Município de Chaves, que os estabelecimentos comerciais deverão permitir apenas 50% da capacidade máxima dentro de seus estabelecimentos do atendimento ao público, mantendo-se o distanciamento mínimo de 1 (um) metro, sendo o uso de máscaras obrigatório, passível de multa o seu descumprimento, tanto para o proprietário do estabelecimento quanto ao consumidor, e que os consumidores que estiverem presentes fora dos estabelecimentos comerciais deverão se organizarem em fila e mantendo-se o distanciamento mínimo de 1 (um) metro;
BARES E RESTAURANTES- (Inciso XII): Fica autorizado, durante o período de vigência do decreto, em todo o município de Chaves, o funcionamento de bares e restaurantes, aberto ao público de forma reduzida até 50% de sua capacidade mantendo- se o distanciamento mínimo de 1 (um) metro, e que os estabelecimentos disponibilizem aos usuários sabão, toalha descartáveis e álcool em gel 70% para a higienização das mãos, ficando o departamento de Vigilância em Saúde responsável pela fiscalização, sendo também imprescindível o uso de máscaras, e o seu funcionamento permitido até as 22 horas , sendo passível de multa em caso de descumprimento
Ascom -Chaves-PA
texto:Aldirene Gama
Data: 17 de dezembro de 2020